terça-feira, 27 de junho de 2017

Comunicado- Justiça Eleitoral de Agrestina

A Justiça Eleitoral informa aos eleitores de Agrestina que se encontra em fase final a Revisão Biométrica do Eleitorado. O comparecimento é obrigatório para todos os eleitores, independentemente da idade, a fim de evitar o cancelamento do título de eleitor, problemas no CPF e bloqueio no recebimento de benefícios sociais como o Bolsa-Família, pensões e aposentadorias. Faça o seu agendamento pelo site do TRE-PE ou nos postos localizados na Prefeitura, Câmara Municipal, Secretaria de Ação Social, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Fundação Emília Pinheiro. 

Mário de Medeiros Neto
Chefe da 086ª Zona
Agrestina
Justiça Eleitoral - PE

Compesa diminui em cinco dias o racionamento de água em Caruaru

Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) vai diminuir o racionamento de água em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A partir desta terça-feira (27), o tempo sem água nas torneiras será reduzido de 20 para 15 dias. A mudança foi definida pelo governador Paulo Câmara durante reunião com presidente da estatal, Roberto Tavares

O novo rodízio será de cinco dias com água para 15 dias sem, reduzindo em 5 dias o intervalo sem água. “Sabemos das dificuldades que a seca prolongada trouxe para todo o Agreste e o Governo tem feito o possível para reduzir esse impacto. Essa é mais uma medida nessa direção”, afirmou Paulo Câmara.

"Fizemos uma apresentação ao Governador das medidas que estamos adotando para melhorar o abastecimento de Caruaru e das cidades do entorno", afirmou Roberto Tavares.

Em função das chuvas que vem caindo na região do município de Bonito, onde está localizada, a Barragem do Prata alcançou índice de 79,4 % da sua capacidade total de armazenamento, que é de 42 milhões de metros cúbicos de água. O volume acumulado já garante segurança hídrica para prorrogar o uso da água do Prata até o próximo verão.

A recuperação da Barragem do Prata trouxe uma grande esperança para a cidade de Caruaru, que teve o rodízio ampliado desde o colapso da Barragem de Jucazinho, localizada em Surubim, em setembro de 2016. Nesse período, foi preciso implantar um calendário de quatro dias com água e 12 dias sem, que vigorou até fevereiro de 2017.

Em março o calendário foi novamente ampliado para cinco dias com água e 20 dias sem, o que permaneceu até esta segunda-feira. O nível do reservatório vem melhorando desde o início do ciclo de chuvas, em maio, quando saiu da situação de pré-colapso e desde então, a barragem vem se recuperando de forma satisfatória.

Além do Sistema do Prata, a Compesa estava usando o Sistema Pirangi, um investimento de R$ 60 milhões, construído em oito meses, para o socorrer a população de Caruaru e mais cinco cidades do Agreste. Com as chuvas torrenciais havidas no final de Maio a enchente do Rio Pirangí provocou inundação da Estação de Bombeamento, queimando os painéis elétricos e impedindo o seu funcionamento. Os equipamentos ainda estão em manutenção e a previsão é de 45 dias para o retorno da operação do Sistema Pirangi. Quando isso ocorrer, teremos os 2 sistemas funcionando.

"Apesar de toda a crise financeira existente no País, continuarei a dar prioridade aos investimentos em recursos hídricos em nosso Governo. Além de acelerar a Adutora do Agreste, no próximo mês lançaremos mais uma obra importante para a região: a Adutora de Serro Azul", pontuou o governador Paulo Câmara.

A expectativa da Compesa é reduzir ainda mais o calendário de distribuição e assim ofertar mais água para a cidade de Caruaru e demais cidades. Isso ocorrerá assim que a obra para ampliação das estações de bombeamento do Sistema do Prata/ Pirangi for concluída, em setembro deste ano. O governador Paulo Câmara autorizou o investimento de R$ 2,6 milhões para instalação de novos conjuntos de motobombas mais potentes, cujas obras estão em andamento, e vai possibilitar o aumento da capacidade transporte de água do sistema de 740 litros por segundo para 950 l/s.

Do G1 Caruaru

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Operação RONE está de volta a Caruaru

Foto: Edvaldo Magalhães
Uma operação, denominada Rondas Ostensivas de Natureza Extraordinária (RONE), voltou a ser realizada neste domingo (26),no município de Caruaru, no Agreste do Estado. O objetivo é reduzir os indicies de criminalidade na região. A ação quem começou na segunda-feira (1) e foi até o dia 30 de maio, teve uma pausa e voltou para mais 5 dias de ações na cidade, que vai até o dia 29 de junho.

O policiamento volta a ser intensificado através de rondas com abordagens, incursões e pontos de bloqueio para combater os Crimes Violentos Contra o Patrimônio e os Letais Intencionais (CVP) e (CVLI). Os PMs serão empregados durante todo o dia e realizarão incursões com patrulhamento e pontos de bloqueios, abordando pessoas e veículos.


Na ação, que será coordenada pelo 4º BPM, participarão policiais de algumas unidades especializadas: Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI); Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE); Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv); Regimento de Polícia Montada (RPMon); Companhia Independente de Policiamento com Motocicleta(CIPMoto) e Companhia Independente de Policiamento com Cães(CIPCães), além do serviço de inteligência, de equipes da Lei Seca e também o apoio da Destra(Autarquia de Trânsito e Transporte de Caruaru).

Após agressão em show, Simone e Simaria surpreendem e tomam decisão

Como já informado, na noite deste último domingo, 25 de junho, a dupla “Simone & Simaria” acabou levando um susto em um show na Bahia. Isso porque um fã, muito eufórico, conseguiu invadir o palco e derrubou Simaria, que acabou se machucando.

Além disso, Simone perdeu as estribeiras e bateu no rapaz para defendê-la. Em seguida, os seguranças conseguiram neutralizar o invasor. Após o incidente, a dupla tomou uma decisão para seguir nos próximos shows, o que deixou seus admiradores surpreendidos.

Elas decidiram não reformular o esquema de segurança. Segundo a assessoria de Simone & Simaria, a dupla tem dois seguranças de cada lado do palco e por isso não há necessidade de alteração. Muitos seguidores das cantoras sugeriram que elas mudassem a segurança após o acontecido.

“Não vai haver nenhuma reformulação de pessoal por causa disso”, disse a porta-voz das artistas. “Simaria está com o joelho ralado e alguns hematomas. Simone ficou com um hematoma no braço. Elas estão bem, nem precisaram de atendimento médico”, completou.

Veja como foi o incidente:

Prefeita de Caruaru fala se haverá atração surpresa, Safadão e término do São João 2017

Em entrevista, na noite desse domingo (26), a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), afirmou que “não haverá atração surpresa, a grade de atrações está fechada, não haverá shows nesta terça-feira (27) como algumas pessoas estavam especulando nas redes sociais, Wesley Safadão não se apresentará no São João 2017, e a festa termina na próxima quinta-feira (29) e não será prorrogada”, afirmou a prefeita.

Do Dilson Oliveira 

São João de Agrestina chega ao fim e deixa saldo positivo para o município

Fotos: Adriano Monteiro - Decom/PMA
Com o tema “ É Festa e Tradição”, o São João de Agrestina deu inícios as comemorações juninas no dia 12 de junho, Dia dos Namorados, com shows artísticos no Polo da Sanfona, localizado ao lado da prefeitura do município. O segundo dia de shows aconteceu no dia seguinte (13), e contou a participação de nomes de peso como Alcymar Monteiro, Gabriel Diniz e Capim com Mel, nos dois primeiros dias de evento.

Outro belo polo do evento foi o Polo Arraial da Tradição, na Quadra Joelson de Souza Mendes, que, no dia 14 e 15 de junho, sediou a 1ª e 2ª eliminatórias da 9ª edição do Festival de Quadrilhas Estilizadas de Agrestina que teve a final realizada no dia 17 de junho onde aconteceu a premiação da quadrilha campeão do festival, a Junina Traquejo de Gravatá. Sucesso entre os quadrilheiros, o festival foi marcado por muita emoção e beleza. Todas as quadrilhas foram avaliadas por uma banca examinadora formada por júri técnico e convidados. A premiação foi feita com troféus e o valor total de R$ 6 mil, distribuídos de acordo com a classificação. O primeiro lugar recebeu R$ 3 mil, o segundo R$ 2 mil e o terceiro lugar R$ 1 mil.
Além das tradicionais quadrilhas juninas, também fizeram parte da festa os integrantes da Mazuca de Agrestina, com tradição secular no município, o grupo realizou diversas apresentações em Agrestina e na região. A alegria e animação da turma que participou do 5º Forró da Melhor Idade também marcou as comemorações juninas do município. O evento foi organizado pelo Centro de Convivência do Idoso - CCI de Agrestina, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, com apoio da Secretaria de Cultura e Turismo.
As escolas do município também marcaram presença no São João de Agrestina, com a realização do Desfile Junino da Educação, que aconteceu no Polo Arraial da Tradição e reuniu todas as escolas públicas do município.
A I Mulherdrilha reuniu as mulheres de Agrestina em uma grande caminhada pelas principais ruas da cidade, com objetivo de combater a violência e lutar pelos direitos das mulheres.
Por fim, o último final de semana de apresentações artísticas aconteceu nos dias 23 e 24 de junho. Subiram ao palco, nos dois dias do evento, as bandas: Amigos Sertanejos, Lucas Medeiros, Ricardo França, Benil, Lucas Costa e Firmas.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Policial é rendido e mais de dez elementos fogem da cadeia pública de Agrestina

Foto: Google Maps
No inicio da madrugada deste sábado (24), mais de dez detentos conseguiram render um Policial Militar e fugiram da cadeia pública da cidade, ainda segundo informações é que o policial foi espancado e quase foi atingido por um disparo da própria arma que os elementos conseguiram roubar.

Informações a qualquer instante! 

MCs Troinha e Tocha são impedidos de fazer show com Márcia Fellipe em Caruaru

Troinha e Tocha tinham sido convidados pela cantora Márcia Fellipe. Foto: Thiago Gravações/PeuRicardo/Divulgação
Os MCs Troinha e Tocha, dois nomes da cena brega-funk do Recife, dizem ter sido proibidos de se apresentar com a cantora Márcia Fellipe no palco principal de Caruaru na noite desta quinta-feira. O veto teria sido feito pela prefeitura da cidade por "questões de segurança", de acordo com Victor Ronã, da ProRec, produtor dos músicos pernambucanos. 

"Estava tudo certo desde o começo da semana. Mas, depois do almoço, a gente recebeu uma ligação dizendo que a prefeitura embargou tanto o MC Tocha quanto Troinha e alegou questões de segurança porque a música deles fazia apologia à violência. É uma hipocrisia", ele declarou. Em vídeo, Tocha e Troinha reafirmam terem sido barrados pela "organização do evento" e agradem à cantora pelo convite.

Segundo Victor, a cantora Márcia Fellipe teria ligado para os cantores e garantido a participação deles no show. "A gente até veio a Caruaru com uma equipe de filmagem para fazer um registro e foi informado de que ela embargou mesmo, que a gente não ia participar", afirmou Victor. 

Os dois seguiram para Santa Cruz do Capibaribe, cidade onde a cantora faria a segunda apresentação da noite. O produtor enviou ao Viver um material publicitário relativo à apresentação mencionada por ele com a imagem de Márcia Fellipe e o anúncio da participação dos MCs de brega. Ele credita o impedimento ao preconceito com o gênero nascido na periferia recifense.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Caruaru confirmou ter entrado em contato com a equipe de Márcia Fellipe e ter "pedido" para não haver participações especiais na noite em virtude do "espaço de tempo". O receio, segundo o prefeitura, era gerar atrasos na grade de apresentações da noite, embora o tempo de show previsto para a cantora ficasse em mais de uma hora e dez minutos. A assessoria não soube informar se o pedido para evitar participações especiais na noite era comum e estendido aos demais artistas - Mestrinho, John Geração e Azulão, de acordo com a programação. A reportagem não conseguiu fazer contato com a equipe da cantora.

Do Diario de Pernambuco

1º Trilha Vox vai sortear uma CRF 0KM em Agrestina

Com a sua primeira edição que esta preste acontecer no dia 30 de Julho, a "Trilha Vox" , já é considerada, como um dos maiores eventos de trilheiros do Agreste de Pernambuco. 

O organizador e empresário do evento, "Rafael da Vox" como é popularmente conhecido, decidiu em sortear uma moto CRF 0KM no dia do evento como uma retribuição de sucesso que a Gráfica Vox tem obtido nos últimos anos com os trilheiros e ainda afirma, está é a primeira edição, nós iremos recuperar a tradição e o esporte em Agrestina. 

O Blog do Gleyson José será o Blog oficial da "1º Trilha Vox" e com total exclusividade vocês acompanhará em breve informações completas do evento.

Por Gleyson José

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Acusado de Caruaru matar o jornalista Marcolino Junior é condenado a mais 30 anos de prisão

Rafael Leite acusado de matar o colunista social e jornalista Marcolino Junior em 2016 foi a julgamento nessa quarta-feira (21).

Relembre o caso

Segundo a Polícia Civil, o jornalista Marcolino Junior foi morto a facadas dentro de um quarto de motel em Caruaru, conforme a conclusão do inquérito policial que investigou o assassinato. De acordo com a Polícia, o executor do crime foi Rafael Leite da Silva, preso após tentar vender o veículo do colunista social.

O corpo do jornalista e colunista social foi encontrado no dia 18 de abril de 2016, na zona rural de Sairé, no Agreste. Ele estava desaparecido desde o dia 16. A perícia apontou que o réu deu um golpe de jiu-jítsu na vítima e três golpes de faca.

A causa da morte foi o “choque hemorrágico causado por ferimento perfuro-cortante”. O instrumento utilizado foi encontrado em São Caetano, na casa de uma mulher com quem Raafel tinha um relacionamento.

Foram encontrados sangue no travesseiro do quarto e nas escadas do motel. Segundo o delegado Marcio Cruz, o corpo da vítima foi transportado no porta-malas do carro do próprio Marcolino. Em seguida, foi desovado em um matagal.

O julgamento durou 15 horas e foi marcado por embates entre defesa e acusação. Rafael Leite da Silva, de 33 anos, foi condenado a 30 anos e 5 meses de prisão e deve cumprir a pena em regime fechado por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, emprego de meio cruel, e recuso que impossibilitou a defesa da vítima) e ocultação de cadáver. Ele está preso na Penitenciária Juiz Plácido de Souza.

O advogado de Rafael Leite informou que vai recorrer da decisão. A juíza Priscila Vasconcelos não atendeu ao pedido da defesa para que o réu recorresse em liberdade.